TR

Impressões em diferentes formatos estarão disponíveis na Kamara Kó Galeria, durante a 21ª edição do Circular Campina-Cidade Velha, no dia 08 de abril em Belém

 

No próximo domingo, 08, o selo Prova Impressa levará ao público do Circular Campina-Cidade Velha um conjunto de impressões em diferentes formatos, como zines fotográficos e pôsteres de séries de imagens inéditas, entre outros. Por meio da exposição intitulada de “Transfiguração”, realizada pela Kamara Kó Galeria a partir das 10h, esses trabalhos dividirão o espaço da galeria com obras do fotógrafo Marcelo Lélis.

De autoria de Ionaldo Rodrigues, o selo editorial Prova Impressa reúne séries de múltiplos dedicados à experimentação da fotografia em suas possibilidades gráficas. No campo das artes, múltiplos dizem respeito a obras feitas em série. Por permitirem uma tiragem maior da mesma obra, eles se tornam mais acessíveis ao público, facilitando a compra de obras pela redução dos preços ao mesmo tempo em que permitem aos artistas experimentarem outras possibilidades de edição, de formatos e de processos gráficos.

“Entre a cópia de um trabalho na prática da edição até publicações fechadas, são propostas de circulação do fotográfico em formatos acessíveis a arquivos, bibliotecas e paredes”, informa o texto de apresentação do selo.

Para a exposição na Kamara Kó, o Prova Impressa oferecerá ao público impressões da série “Botânica do Asfalto_Fragmento Vegetal”, feitas em cianotipia no papel aquarela com capa em poliéster.

Impresso em jato de tinta e composto por dois cadernos em papeis diferenciados, o zine “Pedra de Raio”, com imagens feitas no Marajó, também estará disponível ao público.

As novidades do selo, lançado pelo fotógrafo há três anos, ficam por conta de três novas séries fotográficas. As imagens de “Rastro”, exibidas pela primeira vez ao público, estarão disponível em papel matte e brilho, enquanto os pôsteres de “Belém_Limoeiro”, também inéditos, serão apresentados em formatos impressos com laminação fosca, a partir de quatro formatos. O conjunto será complementado pelo trabalho “O mau vidraceiro”, cuja impressão por jato de tinta será apresentada em papel acetinado com guarda em poliéster e fragmentos do texto homônimo de Baudelaire.

M02

Ionaldo Rodrigues apresenta um conjunto de impressões em diferentes formatos, como zines fotográficos e pôsteres de séries de imagens inéditas como o  selo “Prova Impresso” que apresenta séries  de múltiplos dedicados à experimentação da fotografia em suas possibilidades gráficas.

No campo das artes, múltiplos dizem respeito a obras feitas em série. Por permitirem uma tiragem maior da mesma obra, eles se tornam mais acessíveis ao público, facilitando a compra de obras pela redução dos preços ao mesmo tempo em que permitem aos artistas experimentarem outras possibilidades de edição, de formatos e de processos gráficos.

Nesta exposição  o selo  Prova Impressa oferecerá ao público impressões da série “Botânica do Asfalto_Fragmento Vegetal”, feitas em cianotipia no papel aquarela com capa em poliéster e a novidade  ficam por conta de três novas séries fotográficas. As imagens de “Rastro”, exibidas pela primeira vez ao público, estarão disponível em papel matte e brilho, enquanto os pôsteres de “Belém_Limoeiro”, também inéditos, serão apresentados em formatos impressos com laminação fosca, a partir de quatro formatos. O conjunto será complementado pelo trabalho “O mau vidraceiro”, cuja impressão por jato de tinta será apresentada em papel acetinado com guarda em poliéster e fragmentos do texto homônimo de Baudelaire.

 

Marcelo Lelis esta presente com um recorte da série “Minha Palestina”(habitante subterrâneo), resultado da bolsa Edital Seiva 2016, projeto  de pesquisa do homem e sua paisagem, personagens urbanos, cenários e seus locais “Invertendo” essa realidade por meio de imagens refletidas nas poças d’agua, em que parte da premissa de lançar um olhar de ressignificar e tranfigurar o cidadão e suas relações com espaço, o indivíduo/paisagem buscando um reenquadramento do elemento humano à paisagem. Dessa forma o artista na função de fotojornalismo em campo, lança suas inquietações como linguagem artística.

Foto5- Marcelo Lelis

 

Serviço: Exposição “Transfiguração”

Abertura: 08 de Abril das 10h às 17h

Exposição: 08 de Abril à 08 de Maio

Visitação: Quarta à Sexta das 15h às 19h

Kamara Kó Galeria – Trav. Frutuoso Guimarães, 611 – Campina – Belém – PA

Categorias: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *