Danielle Fonseca,1975. Belém-PA.

Vive e trabalha em Belém.  Sua poética é composta a partir de elementos da literatura, poesia, filosofia, de música e da paisagem. Participa de Exposições, Projetos artísticos e Literários: Foi indicada ao Prêmio PIPA 2016; Exposição “Entre Acervos. Arte Contemporáneo brasileño” no Centro Cultural Rector Ricardo Rojas (Buenos Aires, Argentina, 2018); Exposição Entre Acervos, Palacio das Artes (Belo Horizonte, MG, 2018) “Do Ponto ao Pixel”, Galeria de Artes do MABEU (Belém,PA,2018); Projeto Amazonian Video Art no Centre for Contemporary Arts (Glasgow; Escócia, 2016); “Brasil: Ficciones” Espaço  Tangente (Burgos,Espanha,2016); “Film and vídeo  programme SET TO GO”no Contemporary Art Centre (Vilnius, Lituânia,2015/2016); “Film and vídeo  programme SET TO GO” no SINNE (Helsinki, Finlândia,  2015); “Nossos passo fazem jorrar a sede” selecionado na II Mostra do Programa  de Exposições do Centro Cultural São Paulo 2015 (São Paulo, de agosto a outubro de 2015);  Exposição coletiva “Outra Natureza” na Faculdade de  Belas Artes da Universidade de Lisboa (Portugal/2015); Exposição de Videoarte “Brasil: Ficções” no Armazém  do Chá (Porto-Portugal); Exposição “Pororoca: A Amazônia no MAR” no Museu de Arte do Rio (MAR/RJ) (2014); Exposição “Triangulações” (CCBEU/PA, Pinacoteca de Alagoas/AL, MAM-BA) (2014); Exposição “Com Licença Poética” no MUFPA (2014); Exposição “Deslize” no Museu de Arte do Rio (MAR/RJ) (2013).