Publicado em: 19/04/2019

A Kamara Kó Galeria abre a primeira exposição do ano com novidades.

 

Depois de um período de reestruturação, a Kamara Kó Galeria reabre em 2019, no dia 7 de Abril a partir das 10h, em ação conjunta ao Projeto Circular, com a exposição “TIMELINE” de Alberto Bitar.

Um fotógrafo capaz de por diversas vezes ultrapassar a linha das certezas. Em quase três décadas de carreira, Alberto Bitar acumula prêmios, livros e séries que muitas vezes surpreendem o olhar dos mais desavisados. É foto ou vídeo? É imagem ou poesia? É memória ou despedida? É amor ou dor?

As imagens selecionadas pela galerista Makiko Akao e o fotógrafo propõe traçar uma relação referente à trajetória de séries de grande relevância nesse movimento de Bitar. Não por acaso, o título da mostra “TIMELINE”, em tradução, Linha do Tempo, com obras que vão desde Solitude, com fotografias que compuseram a primeira exposição individual do fotógrafo, às mais recentes, como da série Imêmores, e inéditas da série Sobre o Lugar de Alguém- FF , produzidas em 2018/19.

TIMELINE permite repensar o segmento contínuo da existência a partir de cenários percebidos, captados, recortados e submetidos ao olhar. Alberto Bitar expande o olhar silencioso e perspicaz do expectador, ao conduzi-lo imageticamente por dores, fluxos e sensações, presentes melancolicamente em suas obras.  

São obras, na sua maioria, do acervo da galeria que há oito anos o representa em Belém, mas também de outros acervos particulares e do próprio fotógrafo, incluindo duas de um trabalho mais recente impressas para essa exposição. As obras estão divididas em diferentes fases da vida do autor. Se no início, o expectador encontrará as obras embrionárias da carreira, com fotografias em P&B e as primeiras experiências em baixa velocidade, passando pelas imagens fluidas e em movimento, de Êfemera Paisagem. A coleção se completa com obras em que o autor propõe refletir nossa condição de impermanência a partir da violência urbana, em Corte Seco, e a relação entre tempo e memória, temas latentes em sua vida e carreira.

Alberto Bitar iniciou sua trajetória como fotógrafo em 1991, acumulando, desde então, exposições individuais e coletivas no Brasil e no exterior, tendo também participado da 30ª Bienal Internacional de São Paulo, da 10ª Bienal do Mercosul e do Panorama da Arte Brasileira, no MAM/SP. Ganhou, em duas ocasiões, o Prêmio Funarte Marc Ferrez de Fotografia (2010 e 2012); Possui obras em diversos acervos, como na Fundação Biblioteca Nacional (Rio de Janeiro), no MAM/BA (Salvador), na Coleção Pirelli/MASP de Fotografia, no MAC/USP e no MAM/SP, na Coleção FNAC Brasil, no MAR/Rio de Janeiro, no MACRS e no MARGS (Porto Alegre).

A entrada é gratuita e a mostra pode ser visitada até 24 de Maio.

Livros de algumas séries produzidas pelo fotógrafo estarão a venda na lojinha da Galeria.

 

 

Exposição TIMELINE – Alberto Bitar

Abertura: 7 de Abril de 2019 das 10h às 18h

Encerramento: 24 de Maio de 2018

Kamara Kó Galeria Travessa Frutuoso Guimarães, 611 – Campina – Belém | PA

www.kamarakogaleria.com

www.facebook.com/kamarakogaleria

www.instagram.com/kamarakooficial

 

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *